terça-feira, 30 de outubro de 2012

Estrelícia

Estrelícia
Nome científico: Strelitzia reginae
Nome vulgar: Estrelícia, Ave-do-Paraíso.
Esta planta não é um arbusto mas uma herbácea perene com uma altura de 1 a 2 metros. Origem: África do Sul.
Grandes folhas, rijas e coriáceas, persistentes de forma oval e oblonga, de cor verde azulada.


Cada haste floral tem 5 a 8 flores formadas por grandes sépalas de cor de laranja brilhante (há uma variedade de flor amarela) e por três pétalas de cor azul metálico brilhante.
O mais surpreendente da estrelícia são as suas flores. A elas de deve o nome pelo qual também se conhece esta espécie: Ave-do-Paraíso.
A maior parte da floração ocorre durante o Inverno e a Primavera


A estrelícia deve ser colocada em local soalheiro e de Inverno convém protegê-la das geadas. Para florescer a temperatura média tem de estar acima dos 10 ºC.
É uma planta que só floresce a partir dos 3 anos de idade.
As estrelícias são bastante resistentes ao vento e por isso são adequadas para as zonas costeiras.
Adaptam-se à maioria dos solos desde que estes possuam uma boa drenagem (ver doenças).


É uma planta bastante resistente que não necessita de particular atenção. No Verão necessita de alguma rega e também de algum adubo.
Pragas: Cochonilha.
Doenças: A podridão radicular é a única doença importante da estrelícia. O fungo responsável (Fusarium) desenvolve-se em terrenos húmidos com má drenagem.

1 comentário: