terça-feira, 18 de junho de 2013

Cinerária



Nome científico: Senecio cruentus

Nome vulgar: Cinerária

Origem: Canárias

A cinerária é uma planta herbácea de pequeno porte (20 a 40 cm), de ciclo anual e uma estrutura simples – um caule central curto e ramificado.

As folhas em forma de coração com bordas
serrilhadas e verde-escuras apresentam-se muito suaves ao tacto pois estão cobertas por uma fina penugem.

Desde os finais do Inverno e durante toda a Primavera esta espécie apresenta abundantes inflorescências de cores variadas que se assemelham a pequenas margaridas.

Na época da plena floração a planta pode ficar completamente coberta de flores num autêntico espectáculo de cor.

No mercado existem à venda diversas variedades desta espécie. Pode-se cultivar em vaso tanto em interior como ao ar livre e nos jardins em maciços.

Devem-se cultivar em meia-sombra evitando a exposição à luz solar directa.

Esta espécie apresenta uma resistência ao frio muito pequena. Abaixo dos 10 ºC começam a aparecer
sintomas nas plantas.

Esta espécie agradece uma atmosfera húmida no entanto deve-se evitar molhar as flores. A duração das flores é maior se o sol não incidir directamente sobre elas.

O solo ou o substrato de cultivo tem de ter muito boa drenagem pois o excesso de água conduz à podridão das plantas e a uma diminuição da floração.

Durante o período de floração, de 2 em 2 semanas é conveniente fornecer um adubo líquido na água de rega.

A cinerária é vulnerável aos ataques de pulgão, mosca branca e larva mineira das folhas.

Em ambientes muito húmidos a botrytis (podridão cinzenta) causa verdadeiros desastres entre as plantas.

1 comentário:

  1. nossa cineraria ficou 1 dia todo sob o sol forte, alguem colocou por descuido, no dia seguinte ela estava toda mucha, tem algo que possamos fazer? faz uma semana e ela esta cada vez pior

    ResponderEliminar